SGW3 chega para consoles apresentando novos horizontes para games de tiro

Produzido pela desenvolvedora polonesa, CI Games, Sniper: Ghost Warrior 3 chega para consoles e PCs em 25 de abril  com grandes inovações para o estilo de tiro tático.   Característico de games desenvolvidos por empresas polonesas, SGW3 já chega praticamente completo com season pass para Xbox e PS4 desde o lançamento.

A franquia também apresenta ao jogador a possibilidade de personalizar as habilidades do personagem conforme gosto – amantes do estilo furtivo, podem  distribuir os pontos de habilidade nas áreas de “ghost”,  para o personagem ter uma tendência maior para o lado de espionagem,  o modo a ser escolhido é o “sniper”.  Quem gosta mesmo é de chegar com tudo, o estilo “warrior”, cairá como luva.

Hands-on –  No dia 5 de abril, à convite da assessoria de imprensa da CI Games, experimentamos o game durante uma hora.   Nossas primeiras impressões além de ser um jogo que promete mais de 40 horas de jogo ,  é uma desenvolvida qualidade de gráficos e maior chance de o jogador personalizar o personagem quanto à jogabilidade conforme gosto – amantes do estilo furtivo, podem  distribuir os pontos de habilidade nas áreas de “Ghost”,  para o personagem ter uma tendência maior para o lado de espionagem,  o modo a ser escolhido é o “sniper”.  Quem gosta mesmo é de chegar com tudo, o estilo “warrior”, cairá como luva.

A nova franquia se passa em uma zona de conflito na República da Georgia.   Jon North é um soldado de operações especiais que tem como missão principal resgatar o irmão mais novo, Robert,  das forças inimigas.  Situado em uma zona dominada por movimentos separatistas,   ao longo do game,  Jon recebe inúmeras outras missões que aos poucos moldam o personagem conforme os estilos citados.   Visualmente mais atrativo,  os gráficos estão melhorados ao ponto de tornar perceptível desde a sombra do player até minuciosos detalhes de folhas ou da terra pisada.  Ao todo são cinco mapas em mundo aberto – ande livremente, mas saiba que isso por representar certos riscos.  Típico de jogos de tiro, o game oferece três dificuldades, que vão desde o máximo de auxílio com dicas sobre como se conduzir ao longo do jogo, onde achar caminhos para escalar até o nível máximo de dificuldade, que deixa o jogador totalmente ao deleite da própria intuição e experiência para solucionar e achar dicas.

Para trocar de missão, melhorar arma ou tirar um tempo de descanso em segurança, é só visitar as Safehouse –  espécie de abrigo ou QG das forças especiais para a qual North trabalha.

O estilo de mira e armas também foi melhorado. Independente de como se escolha jogar, as armas de longo alcance não mostram diretamente o alvo – acertar requer calcular a distância entre local e alvo e até mesmo considerar  a força do vento.

 

A trilha sonora também é obra a parte – entre os produtores está  Mikolai Stroinski,  também responsável pela trilha do aclamado The Witcher 3 – Wild Hunter. Com Season Pass, o jogo já chega com duas expansões em single-player – uma delas atribui mais 10 horas de jogo ao título,  um veículo exclusivo e duas armas , sendo uma delas com inspiração real.  O game chega, depois de algumas remarcações de data de lançamento, em 25 de abril.

Post Author: Vanessa Luckaschek

Formada em Jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi, faz aniversário em Setembro e sempre está lendo alguma coisa. É fã de cinema, games, tecnologia e esportes. Gosta de escrever e sempre está em busca de pautas legais para uma próxima matéria. É editora no Caderno Nerd e responsável pela criação do site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *