Dica de leitura | Amazon lista 16 livros sobre história e tradição indígena no Brasil

Neste domingo, 19 de abril, é comemorado o Dia do Índio. Para ajudar os amantes da leitura, à convite da Amazon, o antropólogo e escritor Mércio Gomes fez uma...

Neste domingo, 19 de abril, é comemorado o Dia do Índio. Para ajudar os amantes da leitura, à convite da Amazon, o antropólogo e escritor Mércio Gomes fez uma listinha de livros que não podem faltar no seu roteiro de leitura sobre o assunto. Gomes é professor universitário e autor de diversos títulos sobre o assunto – indo desde livros que abrangem história e cultura do povo indígena, análises sobre a formação social do Brasil, romances até mitos e livros infantis. Na lista também estão obras de autores como Darcy Ribeiro, Hans Staden, Monteiro Lobato e Daniel Munduruku.

O que ler?

Todos os livros recomendados estão disponíveis na Amazon, alguns disponíveis em cópia digital ou edição física com possibilidade de entrega em poucos dias, dependendo da região. Um dos títulos recomendados é Os Índios e o Brasil, escrito por Mércio. “O livro dá um panorama geral das culturas indígenas e da história dos índios em relação à formação do Brasil.”, explica o especialista. Quem são os índios, de onde vieram, quantos eram em 1500? Quantos povos indígenas havia, onde viviam, como se relacionavam uns com os outros? Como morreram tantos povos indígenas e como sobreviveram? Estas são algumas das perguntas respondidas. 

Para quem gosta de romances, uma das recomendações do especialista é Maíra, o principal romance escrito pelo também antropólogo Darcy Ribeiro. O título trata do “drama do brasileiro diante da tragédia indígena com pinceladas de quem viveu entre os índios, onde a imaginação se encontra com a etnografia”, observa Gomes. Mércio também indica o Contos indígenas brasileiros, do autor indígena Daniel Munduruku. Segundo Gomes, as histórias “nos levam à beira do rio Tapajós, onde os antepassados do autor viveram e onde hoje ainda vive o povo Munduruku, um dos mais bravos da história brasileira”.

Vale destacar também a indicação de O índio e a revolução francesa, escrito por Afonso Arinos de Mello Franco. “Ele demonstra que as cartas de Vespúcio, as descrições de viajantes pela costa do Brasil, o relato dramático de Hans Staden, as observações do filósofo Montaigne sobre os Tupinambá — influenciaram Jean-Jacques Rousseau e os enciclopedistas do Iluminismo francês”, detalha Gomes. “Ao final fica bem evidenciado que a revolução francesa tem algo a ver com os índios brasileiros”, comenta.

Confira a lista completa de recomendações do especialista:

Categories
Livros
No Comment

Leave a Reply

RELATED BY