CCXP 2018 | Piticas dobra tamanho de estande e se prepara para expansão para fora do país no próximo ano

Não é de hoje que a Piticas, marca criada pelos irmãos Felipe e Vinícius Rossetti, é considerada referência em múltiplos sentidos. Para fãs do universo nerd e geek, a...

Não é de hoje que a Piticas, marca criada pelos irmãos Felipe e Vinícius Rossetti, é considerada referência em múltiplos sentidos. Para fãs do universo nerd e geek, a marca se destaca nas preferências por itens de moda, como camisetas, bonés e até os recentes lançamentos de chinelos com personagens Marvel.  No ramo de negócios, a empresa é case por se destacar pelo modelo adotado, que investe em licenciamos de marcas e revenda de franquias. Presente em diversos eventos de cultura pop no Brasil, para a 5º edição da CCXP,  a Piticas praticamente dobrou a metragem de seu estande e além do tamanho, a marca chegou com diversas novidades, para o evento e também para o próximo ano.

Entre as novidades, o estande trouxe uma estamparia para a CCXP

Em 2017, a empresa atendeu os visitantes em um estande de 280m², que além da loja, contou com ações interativas gratuitas.  Neste ano, além de camisetas que só são encontradas durante a CCXP – 32 estampas exclusivas ao todo, o estande praticamente dobrou de tamanho, repetindo a ideia de interatividade e também levando um novo espaço para quem ama ter algo único.  “O estande esse ano tem 540m² e a gente se preocupou muito em não só vender camisetas, que é um dos motivos para estar aqui, mas também criar uma experiência diferente para o usuário. Por isso, o visitante vai conseguir customizar uma camiseta na hora e sair daqui com um produto único. Eu acho isso muito legal” expõe Felipe Rossetti, sócio fundador da marca.

Visite nosso instagram para conferir os destaques da CCXP e o bate papocom Felipe Rossetti sobre o estande da marca

Marca brasileira na gringa –  Além de um super estande, que se manteve lotado durante todos os dias de evento, a marca já sorri para 2019 com bons planos. No mercado há 10 anos, a Piticas já conquistou fábrica própria com 10 mil m², localizada em Guarulhos e mais de 300 franquias espalhadas pelo país e , segundo dados da assessoria de imprensa da marca, são produzidas diariamente mais 17 mil camisetas. Para 2019, a marca está se estruturando para alçar voos internacionais, sem perder a identidade. “2019 é esse ano!  A gente vêm se preparando para essa expansão que é muito complicada por que temos as licenças e por isso, temos que expandir o nosso contrato para conseguir vender em outros países”. “Devemos começar com América Latina por termos o Mercosul que facilita um pouco , mas ano que vem a gente já começa a entrar também para o EUA e Canadá” revela Felipe Rossetti, durante entrevista realizada no primeiro dia de CCXP.

Líder em número de licenciamentos no país,  a Piticas hoje já possuí produtos com estampas que vão desde personagens dos quadrinhos da Marvel e DC até licenciamentos de personagens de séries animadas de TV como Rick e Morty da Cartoon Network e Stranger Thinks da Netflix.  Com tanta variedade, Felipe explica com empolgação sobre trabalhar com tantas marcas e o quanto isso agregou à Piticas nos últimos anos e até pequenos contratempos. “Nos tornamos uma marca focada em licenciamentos e  tudo que a gente faz é pensando nisso, mas há suas complicações. Algumas licenças são bem travadas, pois tem que se trabalhar dentro de um guide bem fechadinho,  o que as vezes complica nossa vida um pouco, mas eles trazem uma força de marca que é incrível”.   Com boa parte do caminho já estruturado, quem for viajar para fora do país no segundo semestre do próximo ano, com certeza já poderá se preparar e encontrar a Piticas em alguns destinos. ” Já temos muita demanda hoje para fora, mas nunca tivemos a possibilidade de fazer devido trametes de contratos. Agora com tudo estruturado, acho que já conseguimos fazer uma coisa bem legal e direito”. finaliza.

 

 

 

Categories
CulturaPop
No Comment

Leave a Reply

*

*

RELATED BY